Nestlé - Começar saudável para viver saudável

Compartilhe

Curtir
Buscar

Começar Saudável

Fan Page Começar Saudável Entenda porque o consumo de leite de vaca integral é um risco para crianças com menos de 1 ano Mucilon Tradicional Anemia ferropriva Videos Papinhas

Vida de Mãe

  • Teste do Coraçãozinho: por que fazer.

    Quando o bebê nasce, existe uma série de exames que devem ser feitos para verificar a saúde do pequeno e, dependendo do caso, adiantar alguns tipos de tratamento. É importante que toda mamãe conheça esses exames mesmo durante a gravidez para não esquecer depois.

    Aqui no Blog, já falamos do Teste do Pezinho, que é uma triagem para saber se há alguma patologia para ser investigada. Neste mês, comemora-se o Dia do Coração e, por isso, vamos falar de outro exame muito importante e que também já é obrigatório na rede pública de saúde: o Teste do Coraçãozinho ou oximetria de pulso, que tem como objetivo diagnosticar alguma má formação no coração.

    Segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria, aproximadamente um ou dois a cada mil recém-nascidos apresentam algum problema no coração que, se não for diagnosticado a tempo, pode se agravar e levar ao óbito.

    A SBP também diz que 30% desses recém-nascidos recebem alta hospitalar sem o diagnóstico, e a patologia evolui para um quadro muito mais grave.

    O ecocardiograma fetal é outro exame que tem a mesma função e pode ser feito ainda durante a gestação. E, dependendo do caso, o parto poderá ser feito em um hospital especializado em pacientes com casos mais graves.

    No entanto, o ecocardiograma tem um custo mais alto e é um pouco mais complicado de ser realizado. Dessa forma, o Teste do Coraçãozinho surge como uma alternativa barata e rápida.

    Como ele é feito?

    O teste é simples, não dói, não machuca, dura no máximo cinco minutos e deve ser realizado antes de o bebê sair da maternidade, de preferência entre 24 e 48 horas de vida. Trata-se de sensores, aplicados na mão direita e em um dos pezinhos do bebê, que medem a concentração de oxigênio no sangue.

    Diagnóstico precoce

    Se o pequeno apresentar um nível de oxigênio abaixo de 95% ou com uma diferença maior que 3% entre os membros superiores e inferiores, pode significar alguma malformação cardíaca. Nesse caso, ele deverá passar por outros exames mais detalhados para confirmar se há alguma patologia.

    Lembre-se, somente o médico pediatra poderá indicar os tratamentos ideais.

    Assim como outros exames, esse também não detecta 100% das doenças no coração, mas ainda assim é capaz de monitorar os males mais graves que podem ser tratados antecipadamente. Por isso, a realização dele não descarta a necessidade de outros mais minuciosos.

    E você, mamãe, conte para a gente como foi o Teste do Coraçãozinho do seu bebê!

    Saiba mais

    Comentários (0)

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. 4
  5. 5
  6. 6
  7. 7
  8. 8
  9. 9
  10. Posts mais antigos
Buscar

Quem Somos

Clique aqui e confira o site dedicado a você.

Compartilhe

Youtube

Nestlé Faz Bem

Veja como a Nestlé faz parte da sua vida.

Profissionais de Saúde

Clique aqui e confira o site dedicado a você.

"O Ministério da Saúde informa: O aleitamento materno evita infecções e alergias e é recomendado até os 2 (dois) anos de idade ou mais".
"O MINISTÉRIO DA SAÚDE INFORMA: APÓS OS 6 (SEIS) MESES DE IDADE CONTINUE AMAMENTANDO SEU FILHO E OFEREÇA NOVOS ALIMENTOS".

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda a amamentação exclusiva até os seis (6) meses de idade. Nós da Nestlé, em consonância com a OMS, com a Sociedade Brasileira de Pediatria e Órgãos competentes, também apoiamos plenamente a amamentação exclusiva durante os seis (6) primeiros meses de vida sendo recomendado a extensão até os dois (2) anos de idade ou mais. Clique aqui e conheça a Lei 11.265, que regulamenta a comercialização de alimentos para lactentes e crianças de primeira infância e também a de produtos de puericultura correlatos. Caso você observe alguma situação que possa contrariar a Lei 11.265 solicitamos que nos informe por meio do link: http://www.nestle.com/csv/human-rights-compliance/baby-milk/raising-concerns