5 alternativas divertidas para colocar seu filho para se mexer - agora!
  • Home
  • -Esporte Ensina
  • -5 alternativas divertidas para colocar seu filho para se mexer - agora!
voltar

5 alternativas divertidas para colocar seu filho para se mexer - agora!

M de Mulher

Seu filho não gosta de jogar bola? Tudo bem, não faltam atividades legais – e muito saudáveis – para fazer a garotada se movimentar

Não é todo mundo que tem familiaridade com a bola. Ainda bem que as escolas e academias especializadas no público infantil estão recheadas de modalidades que vão muito além dos esportes convencionais. São tantas as opções que fica difícil escolher. Segundo Deborah Palma, coordenadora do curso de Educação Física da Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo, é fundamental que as preferências da criança sejam levadas em consideração, primeiro passo para que ela se entusiasme de verdade com a nova atividade e inclua os exercícios em sua rotina com prazer. “A sistematização da atividade física só deve existir para nós, adultos. Para os pequenos, o que importa é a brincadeira”, ela afirma. Convém proporcionar à criança o máximo de opções. “Passeios ao ar livre podem gerar um primeiro contato importante com o mundo das atividades esportivas”, aconselha a nutricionista esportiva Vivian Ragasso. Confira, a seguir, o que há de novo para crianças de várias faixas etárias – ninguém vai ter desculpa para ficar parado.

Circo

Não há criança que resista à cama-elástica e ao trapézio. Além de divertido, gasta energia que é uma beleza. Há cada vez mais academias de ginástica com essa modalidade no cardápio de atividades, indicada a partir dos 5 anos – e nunca é tarde para começar. Brincando, os pequenos aprendizes nem sentem que estão desenvolvendo coordenação motora, flexibilidade e força.

Esgrima

Meninos e meninas a partir dos 6 anos, especialmente os que gostam de histórias de aventura, vão adorar o esporte, que desenvolve a resistência e a agilidade, melhora a postura e aprimora a capacidade de concentração.

Parkour

A prática, que consiste em se deslocar pela cidade e superar obstáculos usando somente os recursos corporais, já chegou ao universo infantil. As crianças a partir dos 10 anos aprendem formas eficientes para pular muros, subir em árvores e vencer rampas e escadarias. “Nada melhor do que brincar com obstáculos que encontramos pelo bairro, como parques e ambientes seguros. Parece brincadeira, mas a modalidade gera um gasto calórico muito grande”, garante Vivian.

Skate

Além de desenvolver a coordenação motora, a prática tonifica os músculos do abdome, fortalece os membros inferiores e representa um excelente exercício aeróbico para crianças a partir dos 6 anos – muito mais, portanto, do que uma simples brincadeira de parque. “Só evite deixar a criança praticar em jejum. Os movimentos podem gerar lesões se não houver aporte adequado de energia”, aconselha a nutricionista.

Iniciação Esportiva

Brincadeiras de antigamente, como pique e pega-pega, fazem parte do menu de atividades nesse tipo de aula, geralmente dirigida às crianças menores. Não as menospreze. Elas trabalham agilidade e velocidade e ajudam a preparar futuros atletas. Não esqueça de manter a criança sempre hidratada, com uma garrafinha de água ou suco por perto.

Circo

Não há criança que resista à cama-elástica e ao trapézio. Além de divertido, gasta energia que é uma beleza. Há cada vez mais academias de ginástica com essa modalidade no cardápio de atividades, indicada a partir dos 5 anos – e nunca é tarde para começar. Brincando, os pequenos aprendizes nem sentem que estão desenvolvendo coordenação motora, flexibilidade e força.

Esgrima

Meninos e meninas a partir dos 6 anos, especialmente os que gostam de histórias de aventura, vão adorar o esporte, que desenvolve a resistência e a agilidade, melhora a postura e aprimora a capacidade de concentração.

Parkour

A prática, que consiste em se deslocar pela cidade e superar obstáculos usando somente os recursos corporais, já chegou ao universo infantil. As crianças a partir dos 10 anos aprendem formas eficientes para pular muros, subir em árvores e vencer rampas e escadarias. “Nada melhor do que brincar com obstáculos que encontramos pelo bairro, como parques e ambientes seguros. Parece brincadeira, mas a modalidade gera um gasto calórico muito grande”, garante Vivian.

Skate

Além de desenvolver a coordenação motora, a prática tonifica os músculos do abdome, fortalece os membros inferiores e representa um excelente exercício aeróbico para crianças a partir dos 6 anos – muito mais, portanto, do que uma simples brincadeira de parque. “Só evite deixar a criança praticar em jejum. Os movimentos podem gerar lesões se não houver aporte adequado de energia”, aconselha a nutricionista.

Iniciação Esportiva

Brincadeiras de antigamente, como pique e pega-pega, fazem parte do menu de atividades nesse tipo de aula, geralmente dirigida às crianças menores. Não as menospreze. Elas trabalham agilidade e velocidade e ajudam a preparar futuros atletas. Não esqueça de manter a criança sempre hidratada, com uma garrafinha de água ou suco por perto.

Este conteúdo foi produzido pelo Estúdio ABC – Abril Branded Content, como parte do especial O Esporte Ensina, e originalmente publicado no MdeMulher.

Tags

Tire Suas Dúvidas

Quais os benefícios da nova fórmula do NESCAU® Prontinho?

Tire essa e muita outras dúvidas acessando nosso FAQ!

saiba mais