Condições de trabalho na cadeia de fornecimento de café do Brasil

Nestlé Faz Bem
O que a Nestlé está fazendo para investigar reivindicações de trabalho forçado e condições de trabalho precárias em algumas plantações de café no Brasil?

Em julho de 2015, uma auditoria de rotina do Ministério do Trabalho do Brasil encontrou práticas de trabalho ilegais em duas fazendas que vendem café a um de nossos fornecedores. Embora o nosso próprio monitoramento não tenha revelado indícios de condutas faltosas, uma vez informados sobre essas alegações suspendemos imediatamente as duas fazendas do nosso programa de fornecimento como medida de precaução, e até que as investigações governamentais tenham sido concluídas.

Como a Nestlé pode garantir que seus produtos não contém café de plantações nas quais o governo identificou casos de condições de trabalho forçadas ou inadequadas?

A Nestlé tem tolerância zero para a escravidão. É ilegal e contra tudo o que representamos. Todos os nossos parceiros na cadeia produtiva são obrigados a cumprir não apenas com os regulamentos governamentais, mas também com o nosso Código de Fornecedor Nestlé e os Princípios Nestlé de Gestão Empresarial que não são negociáveis. Com isso, nossos fornecedores devem respeitar todos os direitos humanos em suas atividades comerciais. Encorajamos nossos fornecedores a denunciar quaisquer suspeitas de violação do Código de Fornecedor Nestlé ou dos Princípios Nestlé de Gestão Empresarial a uma pessoa de contato relevante da Nestlé, ou de forma confidencial, usando nosso Sistema de Conduta Ética “Avise-nos”.

Qual será a atitude da Nestlé se as leis forem infringidas e ocorrerem violações dos direitos humanos em plantações de café que fornecem para a empresa?

Sempre que nossos códigos internos são violados, ou os fornecedores deixam de tomar medidas corretivas com relação a violações de qualquer tipo, tomamos medidas que incluem a exclusão desses fornecedores da nossa cadeia produtiva e a rescisão de nossos contratos com eles. Nossos fornecedores também consultam regularmente a lista negra do governo e excluem os produtores cujos nomes estão nessa lista governamental.

Perguntas relacionadas

Ver todas as perguntas