Dando aquela força para os ossos

Dando aquela força para os ossos

 

 

Quando olhamos no espelho, não enxergamos nossos ossos e articulações. Talvez seja um dos motivos pelos quais só nos preocupamos com eles na medida em que vamos envelhecendo e os primeiros problemas começam a aparecer. No entanto, se anteciparmos um olhar cuidadoso a eles, podemos prevenir ou retardar alguns desses problemas. Um deles é a osteoporose, que é a perda de massa óssea que acontece com o passar dos anos e, nas mulheres, avança a partir da menopausa, deixando os ossos mais frágeis e propensos a quebrarem. Outro, é a artrose, que consiste no desgaste das articulações e tem diferentes causas – o envelhecimento é um deles, assim como a fraqueza muscular, obesidade e exercícios de alto impacto. Essas doenças podem ser evitadas, entre outras medidas, com a prática adequada de exercícios físico e alimentação equilibrada.

 

No que tange a alimentação, podemos contar ainda com um outro aliado importantes para esse assunto, o colágeno. Em geral, costumamos associá-lo apenas à saúde da pele, mas ele também é fundamental para que tenhamos ossos e articulações mais fortes. Isso porque a parte orgânica dos ossos é composta em 90% por colágeno (a parte inorgânica é constituída especialmente pelo cálcio). A má notícia é que, a partir dos 25 anos, nosso organismo diminui a produção de colágeno, por isso suplementar essa proteína é importante, conforme apontam diversos estudos. No caso das articulações a suplementação diminui a degradação da cartilagem, do tecido ósseo esponjoso e da dor.

 

O consumo de peptídeos de colágeno melhora a saúde dos ossos, contribui para manter sua densidade mineral e aumenta sua força. A literatura científica aponta que isso ocorre, provavelmente, porque os peptídeos estimulam as células que produzem a matriz óssea (os osteoblastos) enquanto inibem as responsáveis pela reabsorção óssea (osteoclastos). Nomes complicados à parte, os peptídeos também ajudam na manutenção dos movimentos: nas articulações, os peptídeos de colágeno podem auxiliar na regeneração e diminuição da dor durante as atividades e exercícios diários. Por isso, na próxima ida ao espelho, não esqueça de olhar com carinho para seus ossos e articulações – mesmo que você não os veja, eles estão ali, segurando a barra.

 

Fonte: Vanessa Suzuki, Mestra em Ciências da Saúde, Especialista em Nutrição Clínica e Estética, Nutricionista.

 

Referências

 

  1. Asserin J et al. The effect of oral collagen peptide supplementation on skin moisture and the dermal collagen network: evidence from an ex vivo model and randomized, placebo-controlled clinical trials. J Cosmet Dermatol. 2015 Dec;14(4):291-301.

  2. Clifford T et al. The effects of collagen peptides on muscle damage, inflammation and bone turnover following exercise: a randomized, controlled trial. Amino Acids 2019

  3. Dar Q et al. Daily oral consumption of hydrolyzed type 1 collagen is chondroprotective and antiinflammatory in murine posttraumatic osteoarthritis. Plos One, 2017. 1-24.

  4. Giglio BM. Whey Protein Supplementation Compared to Collagen Increases Blood Nesfatin Concentrations and Decreases Android Fat in Overweight Women: A Randomized Double-Blind Study. Nutrients. 2019 Sep 2;11(9).

  5. Guillerminet F et al. Hydrolyzed collagen improves bone metabolism and biomechanical parameters in ovarietomized mice: An in vivo and in vitro study. Bone 2010, 46, 827-834.

  6. Jiang J et al. Collagen peptides improve knee osteoarthritis in elderly women. Health aging. 2014. 25(2), 21-24.

  7. Morley J et al. Nutritional Recommendations for the Management of Sarcopenia. J Am Med Dir Assoc. 2010 July; 11(6): 391–396.

  8. Rietsema S et al. Effect of high compared with low dairy intake on blood pressure in overweight middle-aged adults: results of a randomized crossover intervention study. Am J Clin Nutr. 2019 Aug 1;110(2):340-348.

  9. Sluik D. Protein intake and the incidence of pre-diabetes and diabetes in 4 population-based studies: the PREVIEW project. Sluik D. Protein intake and the incidence of pre-diabetes and diabetes in 4 population-based studies: the PREVIEW project. Am J Clin Nutr. 2019 May 1;109(5):1310-1318.

  10. Walquier F et al. Human Enriched Serum Following Hydrolysed Collagen Absorption Modulates Bone Cell Activity: from Bedside to Bench and Vice Versa. Nutrients 2019, 11, 1249.