Quer mais saúde e bem-estar? Atenção ao seu café da manhã

Quer mais saúde e bem-estar? Atenção ao seu café da manhã

 

 

Se você anda se esforçando para melhorar sua alimentação e qualidade de vida, preste atenção à primeira refeição de seu dia – além de ser um momento de conexão antes de começarmos nossas atividades (quando nos propomos a isso), o café da manhã pode ser um importante aliado para uma dieta equilibrada. E são muitos os motivos. Pesquisas indicam que a ingestão de proteína no início do dia está associada a uma menor ingestão total de calorias ao longo do dia. Ou seja: aquele seu delicioso copo de leite matinal pode lhe ajudar a consumir menos calorias nas horas seguintes, contribuindo para o equilíbrio de sua dieta. Isso acontece porque a proteína ingerida logo cedo diminui os níveis de grelina e aumenta a secreção de leptina, GLP-1 e CCK, compostos reguladores fisiológicos da fome, proporcionando uma sensação mais duradoura de saciedade.

 

Quando ingerimos alimentos ricos em proteínas, a resposta de glicose no sangue (conhecida como índice glicêmico) é reduzida. Portanto, quando associa um copo de leite ou iogurte àquele mamão de todo dia (que tem um índice glicêmico alto), você permite que a liberação de glicose no sangue seja mais lenta, o que também contribui para manter nosso peso nos eixos. Esses benefícios são ainda maiores quando consumimos leite com alto teor proteico, que tem em média, 50% a mais de proteínas sem calorias extras como contrapartida.

 

Outra vantagem, no caso do leite e substitutos, é que há uma relação entre a ingestão de cálcio e a redução da gordura corporal. O cálcio, encontrado em alto teor no leite, tem ação sobre o mecanismo de produção de vitamina D e sobre os hormônios GLP-1 e CCK, relacionados à redução do peso corporal. No caso das pessoas obesas, o consumo adequado de proteínas ajuda no controle do apetite e melhora a saciedade (ligado a doenças como aterosclerose, Parkinson e Alzheimer, bem como a deficiências no sistema imunológico), reduz a pressão sanguínea, além de melhorar a microbiota intestinal.

 

Portanto, um bom café da manhã, rico em proteínas de qualidade, pode ajudar muito na manutenção de uma dieta saudável e equilibrada. Some a isso alguns minutos de calma, longe dos aparelhos eletrônicos e em conexão com você mesmo, para garantir ainda mais qualidade ao seu dia.

 

Fonte: Vanessa Suzuki, Mestra em Ciências da Saúde, Especialista em Nutrição Clínica e Estética, Nutricionista.

 

Referências

 

  1. Arciero PJ, Edmonds RC, Bunsawat K, Gentile CL, Ketcham C, Darin C, Renna M, Zheng Q, Zhang JZ, Ormsbee MJ. Protein-Pacing from Food or Supplementation Improves Physical Performance in Overweight Men and Women: The PRISE 2 Study. Nutrients. 2016 May 11;8(5).

  2. Da Silva MS et al. Whey protein hydrolysate and branched-chain amino acids downregulate inflammation-related genes in vascular endothelial cells. Nutr Res. 2017 Feb;38:43-51.

  3. Hamarsland H et al. Native Whey Induces Similar Adaptation to Strength Training as Milk, despite Higher Levels of Leucine, in Elderly Individuals. Nutrients. 2019 Sep 4;11(9).

  4. Nilaweera KN et al. Whey protein effects on energy balance link the intestinal mechanisms of energy absorption with adiposity and hypothalamic neuropeptide gene expression. Am J Physiol Endocrinol Metab. 2017 Jul 1;313(1):E1-E11.

  5. Galbreath M et al. Effects of Adherence to a Higher Protein Diet on Weight Loss, Markers of Health, and Functional Capacity in Older Women Participating in a Resistance-Based Exercise Program. Nutrients. 2018 Aug 11;10(8).

  6. Giglio BM. Whey Protein Supplementation Compared to Collagen Increases Blood Nesfatin Concentrations and Decreases Android Fat in Overweight Women: A Randomized Double-Blind Study. Nutrients. 2019 Sep 2;11(9).

  7. Morley J et al. Nutritional Recommendations for the Management of Sarcopenia. J Am Med Dir Assoc. 2010 July; 11(6): 391–396.

  8. Pereira PC. Milk nutritional composition and its role in human health. Nutrition. 2014 Jun;30(6):619-27.

  9. Rietsema S et al. Effect of high compared with low dairy intake on blood pressure in overweight middle-aged adults: results of a randomized crossover intervention study. Am J Clin Nutr. 2019 Aug 1;110(2):340-348.

  10. Sluik D. Protein intake and the incidence of pre-diabetes and diabetes in 4 population-based studies: the PREVIEW project. Am J Clin Nutr. 2019 May 1;109(5):1310-1318.