Futuras gerações

lala
individuos futuras geracoes

O que você come pode afetar as próximas gerações?

Existe um campo da ciência que estuda a relação entre o meio ambiente e o DNA, a epigenética, que significa "acima da genética". A ideia é pesquisar, por exemplo, se o que a mãe come ou como ela vive pode afetar os genes de seus filhos e até netos.

Em 2011, a Nestlé decidiu investir em pesquisas nessa área e firmou uma parceria com o Consórcio EpiGen, um dos maiores projetos de pesquisa epigenética no mundo.

Os pesquisadores estão investigando como a dieta e o estilo de vida de mulheres grávidas afetam os genes de seus bebês. Um dos primeiros resultados aponta que uma dieta pobre em carboidratos durante a gravidez está relacionada com mudanças químicas em partes do DNA do bebê. Essas mudanças podem indicar um maior risco de os bebês terem sobrepeso ou se tornarem obesos durante a infância.

A pesquisa tem como objetivo melhorar a nutrição e reduzir problemas relacionados à gravidez, como o diabetes gestacional. Essa condição afeta o crescimento e o desenvolvimento das crianças, além da saúde futura da mãe. Os resultados permitirão criar produtos que tenham um impacto positivo comprovado na saúde das mães e de seus filhos.

Histórias relacionadas