Nestlé apresenta o Consórcio Cerrado pelas Águas

Nestlé Faz Bem

Rio


O Brasil é o maior fornecedor de café para Nespresso, com mais de 2.000 fazendas cadastradas. A maioria dessas propriedades fica na região do Cerrado mineiro, cuja produção, nos últimos anos, tem sido bastante afetada pela falta de chuvas.

Preocupada com essa situação, em 2013, a Nespresso, em parceria com a União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN), realizou um estudo de avaliação dos impactos ambientais e econômicos da escassez desse recurso na região, numa tentativa de entender como a agricultura sustentável do café poderia contribuir significativamente para a conservação da biodiversidade e o uso da água de forma equilibrada com o meio.

Com os resultados analisados e áreas de atuação priorizadas, a Nespresso e a IUCN partiram para uma segunda etapa do projeto. Em 2015, foi assinado o documento que criou o Consórcio Cerrado pelas Águas, uma plataforma que agrega empresas, organizações da sociedade civil e representantes do governo com o objetivo de somar ações coletivas que possibilitem a transformação da paisagem e gerem impacto positivo nos serviços ecossistêmicos.

A Bacia do Córrego Feio foi escolhida como foco de atuação nesses primeiros anos do Consórcio. Dentre as ações alinhadas, destacam-se: capacitação e assistência técnica dos produtores rurais, para que apliquem as melhores práticas de uso de água e gestão do solo; restauração de vegetação nativa, para aumentar a infiltração da água no solo, proteger nascentes e evitar o assoreamento dos rios, e avaliações periódicas da qualidade da água de rios e do balanço hídrico, que consiste na leitura do consumo dos diversos atores da região versus a capacidade de reposição de água da bacia.

Histórias relacionadas