Saiba quais nutrientes garantir no cardápio para manter pele, cabelo e unhas saudáveis

No colorido do prato é possível encontrar verdadeiros aliados da estética, como licopeno e betacaroteno

Por Regina Célia Pereira
Beleza se nutre por dentro
Beleza se nutre por dentro: estratégia ajuda no combate das rugas e flacidez.

O verdadeiro ritual de beleza vai muito além da pia do banheiro, com seus cremes, hidratantes, tônicos e afins. Deve ter também passagem obrigatória pela cozinha. “Não há dúvida sobre o papel da alimentação em prol da pele”, afirma a dermatologista Shirlei Borelli, pesquisadora do Centro de Estudos do Envelhecimento da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Aquilo que entra pela boca se reflete na pele, justificando também a tendência da indústria de alimentação em desenvolver produtos que contemplem cada vez mais a saúde da epiderme.


É a ciência que dá seu aval. Uma revisão feita por estudiosos do Dessau Medical Center[1], na Alemanha, aponta diversos aliados vindos da dieta, entre os quais os carotenoides. Dentro desse grupo de pigmentos, o betacaroteno sempre se destaca quando o assunto é beleza. Entre outras coisas, porque colabora com a formação de melanina, substância associada à coloração e responsável pelo tom bronzeado. Mas sua maior virtude, aqui, tem a ver com a capacidade de combater os efeitos nocivos do excesso de radicais livres.


Ainda na mesma família colorida, o licopeno é mais um componente que coleciona méritos a favor da aparência. “Ele atua como fotoprotetor, já que contribui para uma maior resistência da pele, quando exposta à radiação solar”, diz a nutricionista Andrielle Petry, especialista em nutrição estética, do Setor de Ensino do Instituto de Nutrição Ana Paula Pujol, em Camboriú, Santa Catarina.


Outro grupo mencionado no estudo alemão é o dos flavonoides. Dentro dessa classe de fitoquímicos, há uma grande lista de componentes benéficos, a exemplo de ácido gálico, catequinas, resveratrol e antocianinas. Isso explica por que frutas como a uva, a jabuticaba, a amora, a cereja não podem ficar de fora do menu do dia a dia.


Toda essa gama de compostos, assim como as vitaminas A e E, sem esquecer de minerais, caso do selênio, age como uma espécie de escudo contra manchas e flacidez – um fator pra lá de bem-vindo, especialmente para quem vive em meio à poluição, ao estresse, ao sol, ao tabagismo, condições que servem de estopim para o aumento dos tais radicais livres no organismo. Afinal, estamos falando de moléculas que precisam roubar elétrons para se estabilizar. E esse mecanismo provoca uma cascata de distúrbios nas membranas, no DNA e em outras estruturas das células, que ficam à mercê de agressões.


Esquadrão da beleza - Boas fontes dos nutrientes que blindam a pele e os cabelos

Uma das estrelas desse esquadrão antirradicais é a vitamina C. Presente nos frutos cítricos, o nutriente tem seus poderes confirmados em vários estudos. Um dos mais recentes foi realizado por cientistas da Universidade de Otago, na Nova Zelândia[2]. Não bastasse ser potente antioxidante, confirmam os cientistas, ela é essencial para a formação das fibras colágenas. “O ácido ascórbico exerce papel fundamental no crescimento e reparação do tecido conjuntivo e está ligado à síntese de colágeno e de glicosaminoglicanas, componentes fundamentais para manter o tônus e a firmeza”, salienta a nutricionista Ana Júlia Canfild, que foi pesquisadora em Envelhecimento Humano no Laboratório de Genética da Universidade de Passo Fundo (RS). O colágeno, não custa relembrar, tem grande importância na estrutura e sustentação da pele. “A partir dos 30 anos, o organismo tende a produzir menos dessa substância”, diz Ana Júlia. Essa diminuição causa impacto no equilíbrio de certas enzimas, desencadeando degradações.


Embora a genética ajude a acelerar ou frear a velocidade desse processo, os bons hábitos, inclusive à mesa, é que vão ditar as regras e dar aquele empurrãozinho para que se mantenham níveis satisfatórios de colágeno no corpo. Abrir espaço para boas fontes proteicas é mais uma excelente estratégia. Para garantir a presença dessa proteína da firmeza, sob orientação de um profissional é possível lançar mão de suplementos. Hoje já existem colágenos hidrolisados específicos, com aminoácidos capazes de atuar diretamente nas células da pele. “Há comprovação científica de que melhore a textura e auxilie no combate à flacidez, sem contar sua atuação em benefício de unhas e cabelos”, afirma a dermatologista Natalie Haddad, da Clínica Adriana Vilarinho, em São Paulo. Isso se dá porque o processo de hidrólise específico resulta em partículas menores que são bem absorvidas e mais bem aproveitadas pelo nosso organismo.


Além de cuidarmos para estimular a fabricação da proteína, é preciso que a substância esteja protegida de deterioração. “Um cardápio repleto de frutas, hortaliças, grãos e outros alimentos contribui para que ele não seja destruído”, ressalta a dermatologista Shirlei Borelli. Sem contar a boa dose de fibras desses ingrdientes e seu papel no funcionamento do intestino, tornando mais eficaz o trabalho digestive e, consequentemente, a absorção de nutrientes. Como é sabido, dar um belo empurrão ao trânsito intestinal também facilita a eliminação de toxinas e a limpeza do organismo – o que repercute na saúde da pele. Daí que nunca se falou tanto sobre a pertinência de zelar pela microbiota intestinal em benefício da beleza, ressalta a médica. Não por acaso, aliar os pré e probióticos é a recomendação da vez em congressos de saúde e nutrição.


Fonte da juventude

Além de tomar água ao longo do dia, é possível lançar mão de outras bebidas que têm se destacado na proteção da pele. O chá-verde é uma delas. Ele se mostrou eficaz na prevenção do fotoenvelhecimento em um estudo realizado por pesquisadores alemães[3]. E como a infusão vira e mexe aparece em pesquisas sobre obesidade[4], vale lembrar: estar em dia com a balança é um fator crucial para a saúde como um todo, inclusive a da pele. “A flacidez está relacionada com o chamado efeito sanfona”, destaca a nutricionista Ana Júlia Canfild. Quem vive engordando e emagrecendo não raro depara com estrias.


A força dos minerais

Emoldurando uma pele saudável, fios sedosos também dependem da presença de nutrientes no menu diário. Nesse quesito, Andrielle Petry destaca o cálcio, o ferro e o zinco. “A deficiência desses minerais resulta em cabelos fracos”, ela resume. “No caso do déficit de ferro especificamente, mesmo na ausência de anemia evidente, ele está associado à queda difusa de fios e a unhas quebradiças”, detalha. Há indícios também da relevância do silício[5] no crescimento dos fios e sua resistência ao estresse do dia a dia, ou seja, ao sol, vento, poluição e determinados ingredientes químicos de xampus. Nesse ponto, entretanto, a dieta por si só pode não ser suficiente, sendo necessária a suplementação, para restabelecer a estrutura da fibra capilar.


Com tantas evidências da importância de um cardápio equilibrado para elevar a autoestima em frente ao espelho, um outro ingrediente não pode faltar: o prazer ao comer. Afinal, garantir pitadas de bem-estar no cotidiano é elemento imprescindível na fórmula da beleza.


Cuidados além da nutrição

Uma soma de atitudes ajuda a garantir a aparência saudável. Confira:


  1. Usar sempre o protetor solar

    Os raios solares são capazes de penetrar nas camadas mais profundas da pele, detonando as fibras de colágeno. Assim, abrem alas para as rugas. E o pior: aumentam o risco de melanoma, o tipo mais agressivo de cancer cutâneo. Por isso os experts são unânimes: até mesmo em dias nublados é recomendável utilizer um filtro de proteção bem alto.


  2. Evitar o fumo

    As substâncias tóxicas vindas do cigarro prejudicam as células e aceleram o envelhecimento. Não bastassem as rugas, o tabaco ainda escurece os dentes, ou seja, é um grande vilão da estética.


  3. Não abusar das bebidas alcoólicas

    Além de estar por trás de danos celulares, o excesso de álcool contribui para a desidratação e interfere na elasticidade da pele.


  4. Caprichar na limpeza da pele

    Cuidar da higiene e não se esquecer de retirar o protetor e a maquiagem antes de ir para a cama ajuda a desobstruir os poros, melhorando o aspecto da cútis.


  5. Dormir bem

    Descansar e procurar atenuar o nervosismo também são estratégias que zelam pela beleza. O estresse crônico está por trás da queda de cabelos e pode desencadear o aparecimento de acne.


NUTREN® Beauty

É o complemento alimentar da Nestlé® com 2,5g de colágeno VERISOL®, 21 vitaminas e minerais e Zero adição de açúcares*. Além disso, é fonte de proteínas, e contém antioxidantes como Vitaminas C e E, Zinco e Manganês – que auxiliam no combate aos radicais livres.[6,7] Disponível nos sabores Dark Chocolate e Vanilla**.


*Contém açúcares próprios dos ingredientes. Este não é um alimento baixo em valor energético. **Sabor artificial de Vanilla.

Referências
[1] Schagen SK, Zampeli VA, Makrantonaki E, Zouboulis CC. Discovering the link between nutrition and skin aging. Dessau Medical Center, Germany. 2012. Dispon.vel em [www.tandfonline.com/doi/ pdf/10.4161/derm.22876?needAccess=true] [2] Pullar JM, Carr AC, Vissers MCM. The roles of vitamin C in skin health. Nutrients. 2017. Dispon.vel em [www.mdpi.com/2072-6643/9/8/866] [3] Heinrich U, Moore CE, Spirt S, Tronnier H, Stahl W. Green tea polyphenols provide photoprotection, increase microcirculation, and modulate skin properties of women. The Journal of Nutrition. 2011. Dispon.vel em [academic.oup.com/jn/article/141/6/1202/4600312] [4] J Huang, Y Wang, Z Xie, Y Zhou, Y Zhang, X Wan. The anti-obesity effects of green tea in human intervention and basic molecular studies. European Journal of Clinical Nutrition. 2014. Dispon.vel em [www.nature.com/articles/ejcn2014143] [5] Ara.jo LA, Addor F, Patr.cia Maria Berardo Gon.alves Maia Campos Use of silicon for skin and hair care: an approach of chemical forms available and efficacy. Anais Brasileiros de Dermatologia. 2016. Dispon.vel em [www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4938278/] [6] Shapiro SS, Saliou C. Role of vitamins in skin care. Nutrition. 2001;17(10):839-44.[7] Schagen SK, Zampeli VA, Makrantonaki E et al. Discovering the link between nutrition and skin aging. Dermatoendocrinol. 2012 1;4(3):298-307


Você pode se interessar por

Informações sobre saúde, receitas mais saudáveis e produtos para você.

Calculadora de Fibras

Calculadora de Fibras

Quer saber o quanto de fibras está consumindo hoje?

Infográfico de Açúcar 1

Você sabe qual a recomendação diária de açúcar?

Ferramenta de porções

Ferramenta de porções

Descubra a porção recomendada dos diferentes alimentos